Lançamentos de imóveis caem 23% em São Paulo

Segundo pesquisa divulgada pelo Secovi, foram lançadas 1.403 unidades no sétimo mês do ano na capital paulista

Os lançamentos de imóveis residenciais na capital paulista registraram uma queda significativa em julho.

Segundo pesquisa, as vendas de imóveis residenciais novos em São Paulo totalizaram 1.674 unidades em julho (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

Segundo pesquisa divulgada pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo), foram lançadas 1.403 unidades no sétimo mês do ano, quantidade 23,1% menor em relação ao mesmo mês de 2012.

Já na comparação com os lançamentos realizados em junho (quando foram lançadas 3.574 unidades), a retração foi ainda maior: 60,7%.

“Esses resultados demonstram que o mercado de imóveis novos residenciais se comportou de forma típica para um período de baixa sazonal”, analisou o economista-chefe do sindicato, Celso Petrucci, via nota.

Em contrapartida, os lançamentos residenciais cresceram 39,3% na comparação entre os sete meses de 2013 (15.386 unidades) e igual intervalo de tempo de 2012 (11.049 imóveis).

Para o presidente do Secovi, Claudio Bernardes, os excelentes resultados observados no primeiro semestre e as perspectivas para a segunda metade do ano de desempenho do mercado muito próximo ao de 2012, permitem apostar em um crescimento de 30% nas vendas para 2013. “Nada mal para um ano marcado por incertezas no ambiente econômico”, afirmou.

Vendas – Ainda segundo a pesquisa, as vendas de imóveis residenciais novos em São Paulo totalizaram 1.674 unidades em julho, volume 0,9% inferior ao registrado no mesmo período de 2012. Na comparação com junho, a queda foi de 56,8%.

Já o Valor Global de Vendas (VGV), que mostra o valor negociado, ficou em R$ 857,9 milhões em julho, queda de 6,3% na comparação anual. Os imóveis de dois dormitórios representaram 41,1% do total das vendas do mês, com 688 unidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais vistos

Mais lidas