Zap Móveis

Reforma de cozinha: dicas para transformar o ambiente

Spread the love

A reforma de cozinha pode parecer um processo complicado e demorado, mas é também uma ótima oportunidade para trazer mais funcionalidade e estilo ao seu lar.

Seja para adaptar o espaço às suas necessidades ou para renovar o ambiente, a chave para uma obra tranquila é a mesma: planejamento.

Neste conteúdo, vamos explorar todos os aspectos envolvidos na reforma, desde a concepção das ideias até a execução dos projetos. 

Prepare-se para descobrir dicas valiosas e conferir inspirações para transformar sua cozinha em um espaço especial.

Como planejar uma reforma na cozinha?

Planejar uma reforma exige atenção aos detalhes, mas o primeiro passo é entender qual o objetivo das alterações. Então se pergunte: o que eu desejo melhorar no ambiente?

Você pode querer mais praticidade, mais espaço ou simplesmente dar uma cara nova à cozinha com um piso ou revestimento novo, por exemplo. 

Com o objetivo em mente, fica mais fácil definir outros detalhes e planejar as mudanças. Aqui vão algumas dicas para essa etapa inicial:

  • estabeleça um orçamento realista;
  • pesquise materiais, inspirações e tendências;
  • conte com o apoio de profissionais especializados para colocar as ideias em prática.

Quanto custa reformar a cozinha?

O orçamento para reformar uma cozinha depende de diversos fatores, como projeto, tamanho do espaço, materiais utilizados e mão de obra, por isso os valores podem variar bastante.

Se a ideia é apenas pintar as paredes, a reforma terá um valor mais acessível do que derrubar essas paredes para ampliar o espaço ou trocar o encanamento, por exemplo.

Em geral, a média para uma reforma sem grandes mudanças estruturais fica em torno de R$1.000 a R$1.500 por metro quadrado. 

Quais materiais são usados para a sua reforma da cozinha?

Os materiais utilizados na reforma também podem variar de acordo com o projeto e orçamento definido. No entanto, é possível elencar alguns itens comuns, como:

  • granito e quartzo para as bancadas;
  • MDF, madeira maciça ou laminado para móveis;
  • azulejos, cerâmica e porcelanato para revestimentos e pisos;
  • aço inoxidável para eletrodomésticos e metal para puxadores e acessórios.

Para a estrutura, materiais como cimento, areia, argamassa e impermeabilizantes costumam fazer parte da lista, assim como tijolos, canos e fios. 

Luminárias, coifa e itens decorativos dão o toque final para a obra e ajudam a transformar o ambiente. 

Leia também: Conheça os principais tipos de revestimentos disponíveis no mercado

Erros mais comuns ao fazer uma reforma de cozinha

Como as reformas exigem muita atenção a diferentes pontos, é muito comum esquecer de alguma coisa ou deixar de lado algo que não parece prioritário à primeira vista.

No entanto, até mesmo pequenos detalhes fazem a diferença para garantir um espaço funcional, confortável e esteticamente agradável. 

Reunimos os erros mais comuns para você ficar de olho e evitar problemas durante a sua reforma. São eles:

  • subestimar o orçamento;
  • esquecer de considerar espaços de armazenamento;
  • não considerar a iluminação e a ventilação do ambiente;
  • escolher materiais inadequados, com baixa resistência ou qualidade;
  • não planejar adequadamente o layout, ignorando o fluxo de trabalho na cozinha.

Além desses pontos de atenção, vale reforçar a importância de contratar profissionais qualificados para realizar a obra. 

Dicas de reforma de cozinha

Para te ajudar nesse processo de reforma, listamos algumas dicas que vão fazer a diferença na hora de transformar a sua cozinha. Anota aí:

  • escolha materiais duráveis e fáceis de limpar;
  • atente-se as medidas de móveis e eletrodomésticos;
  • opte por cores claras para ampliar visualmente o ambiente;
  • reaproveite móveis, itens decorativos e revestimentos quando possível;
  • aproveite ao máximo o espaço vertical com prateleiras e armários suspensos;
  • considere a funcionalidade e a praticidade na disposição dos móveis e eletrodomésticos.

3 ideias e inspirações para a sua reforma de cozinha

Agora, se você precisa de inspiração para planejar o seu novo espaço culinário, confira essas ideias para reforma de cozinha que separamos especialmente para você.

Ladrilho hidráulico

O ladrilho hidráulico é uma escolha comum para o backsplash da cozinha (aquela parede acima da pia, que recebe os respingos de água), e é uma maneira de trazer mais personalidade ao ambiente.

Além de oferecerem diferentes cores e estampas, os ladrilhos são resistentes, fáceis de limpar e contam com produção artesanal, o que garante maior personalização às peças.

Concreto aparente

Ideal para criar um visual mais industrial e contemporâneo, o concreto aparente é uma ótima opção de material para a bancada por sua resistência, durabilidade e versatilidade.

O concreto aparente também é uma opção de revestimento mais clean para o backsplash.

Iluminação embutida

A cozinha é um espaço que pede boa iluminação para que você realize suas tarefas e prepare suas receitas com tranquilidade. Por isso, as luzes embutidas com direcionamento estratégico são uma ótima escolha. 

A dica é fazer um rebaixamento de gesso no teto para conseguir um visual mais moderno e elegante. Pendentes podem complementar a decoração e ajudar na iluminação.

Conclusão

As reformas sempre parecem obras enormes, demoradas e estressantes, mas a verdade é que basta um bom planejamento para garantir uma renovação tranquila da sua cozinha.

Encontrar um imóvel com layout e estrutura capazes de atender às suas necessidades é meio caminho andado para garantir o ambiente perfeito para preparar suas receitas.

No ZAP Imóveis, você encontra uma seleção de casas e apartamentos disponíveis para compra. 

Aproveite para conhecer a plataforma do ZAP Imóveis e encontrar seu novo lar!

Perguntas frequentes sobre reforma de cozinha

Quanto custa reformar a cozinha?

O valor para reformar a cozinha varia conforme o tipo de projeto, os materiais utilizados, o tamanho do espaço e a mão de obra contratada. 

A dica é fazer um orçamento com profissionais especializados e comparar preços dos materiais em diferentes lojas de construção para encontrar o melhor custo-benefício.

O que fazer primeiro na reforma da cozinha?

O primeiro passo para a reforma é o planejamento e orçamento. Com o projeto definido, o mais indicado é começar as alterações na cozinha pela retirada de pisos, revestimentos, fios, encanamentos e derrubada das paredes. 

Quanto tempo demora para reformar a cozinha?

O tempo da reforma na cozinha depende das mudanças a serem executadas. Um projeto mais complexo, por exemplo, pode levar cerca de um mês para ser finalizado.

Se você escolheu incluir móveis planejados, o prazo pode ser maior devido a produção personalizada e tempo de entrega das peças. Lembre-se de verificar esse prazo com o fornecedor. 

O que não fazer numa reforma de cozinha?

Falta de planejamento e de mão de obra especializada são os principais erros cometidos ao reformar uma cozinha. A falta de um orçamento definido também pode prejudicar a execução do projeto.

Além disso, esquecer de considerar questões estruturais e não pensar em questões estratégicas, como posicionamento das tomadas e escolha de materiais para bancadas e revestimentos, são erros comuns. 

Mais lidas

Leia Mais

Mais vistos

Mais lidas