Zap Móveis

Saiba como acabar com as dívidas usando seu imóvel

Spread the love

Em novembro de 2023, o Brasil registrava uma preocupante marca de 71,81 milhões de pessoas inadimplentes, acumulando uma dívida total de 269,86 milhões de reais, segundo dados da SERASA.

 Esses números refletem uma realidade que afeta milhões de brasileiros, gerando um cenário desafiador para muitas famílias. Diante desse contexto, torna-se crucial buscar alternativas que possam proporcionar alívio financeiro e, mais importante ainda, promover a retomada do controle sobre as finanças pessoais.

Ao longo deste texto, iremos mostrar a você como acabar com as dívidas com uma solução eficaz: o empréstimo com garantia de imóvel. Este tipo de crédito oferece condições favoráveis, permitindo que você obtenha recursos de forma segura e acessível usando seu imóvel quitado como garantia. 

Continue a leitura para descobrir como essa estratégia pode ser uma ótima oportunidade para reorganizar suas finanças, reduzir encargos e, como ter estabilidade financeira para você e sua família.

Por que utilizar seu imóvel para quitar as dívidas?

Utilizar um imóvel como forma de pagamento de dívidas pode ser uma estratégia financeira vantajosa, especialmente quando se busca equilibrar as contas e reduzir os encargos financeiros

Uma razão relevante para optar por essa abordagem é a possibilidade de contar com uma taxa de juros anual mais favorável se comparada às taxas praticadas em outras modalidades de empréstimos

Muitas vezes, as dívidas mais caras estão associadas a taxas de juros elevadas, fazendo com que as pessoas se endividem e percam a capacidade de pagar o empréstimo. Ao utilizar o imóvel como garantia, é possível acessar um crédito com condições mais atrativas, contribuindo para a redução dos custos financeiros a longo prazo.

Além disso, é importante destacar a possibilidade da amortização do empréstimo como uma estratégia para reduzir os juros acumulados. Ao colocar recursos extras, você consegue não apenas reduzir o saldo devedor, mas também diminuir a incidência de juros sobre o valor amortizado.

Quais as regras para utilizar o imóvel como garantia?

 A estratégia de utilizar o imóvel como garantia em operações de empréstimo, pode ser vantajoso para você como uma alternativa para obter crédito com condições vantajosas. Contudo, é necessário compreender algumas regras. Veja a seguir.

Para compor renda, até duas pessoas físicas podem se unir, desde que a renda conjunta seja de, no mínimo, R$ 2.500,00. No entanto, todos os proprietários do imóvel devem constar no contrato como devedores, sendo permitido que apenas duas pessoas utilizem sua renda para comprovar a capacidade de pagamento.

Ao optar pelo empréstimo com garantia, é fundamental que o imóvel esteja em bom estado de conservação, localizado no perímetro urbano com infraestrutura e valorização imobiliária. Terrenos também são aceitos, mas precisam estar localizados em condomínio fechado e com documentação adequada.

Por outro lado, certos tipos de imóveis não são aceitos, incluindo lotes com construção em andamento, construções em madeira, sítios, fazendas, terrenos em áreas não urbanizadas, imóveis multifamiliares, entre outros. Vale ressaltar que imóveis tombados, em inventário ou em áreas de preservação permanente também são excluídos da possibilidade de utilização como garantia.

No entanto, imóveis residenciais mistos, com finalidades comprovadamente residenciais e comerciais, podem ser utilizados mediante laudo de avaliação, matrícula e IPTU. É essencial compreender essas regras para uma transação bem-sucedida.

Como usar o imóvel como garantia de um empréstimo?

 Se você é proprietário de um imóvel quitado, ou possui a possibilidade de utilizar um bem de terceiros como garantia, têm em mãos a oportunidade de obter um empréstimo com condições vantajosas. A seguir veja um passo a passo de como usar o imóvel como garantia.

1. Simulação Online: Inicie o processo realizando uma simulação diretamente no site, clicando aqui. Essa etapa permite que você tenha uma visão inicial das condições e valores disponíveis, facilitando a tomada de decisão.

2. Solicitação de Análise de Crédito: Após obter o resultado da simulação, solicite a análise de crédito diretamente na mesma tela. Todo o processo é realizado de forma rápida e online.

3. Cadastro e Documentação: Com a análise de crédito aprovada, prossiga com o cadastro de informações e o envio dos documentos necessários, tanto pessoais quanto relacionados ao imóvel. Essa etapa é essencial para formalizar a transação.

4. Análise Documental: Após o envio das informações, é realizada a análise documental tanto pessoal quanto do imóvel. Este é um passo importante para garantir a aceitação legal e avaliar a viabilidade da garantia oferecida.

5. Assinatura e Registro: Com a aprovação da análise documental, é hora de assinar o contrato. Posteriormente, o documento deve ser registrado em cartório, assegurando a validade jurídica da transação.

6. Liberação do Crédito: Em até cinco dias após a entrega ao Santander do contrato registrado em cartório e da matrícula do imóvel com o registro da garantia, o crédito é liberado diretamente em sua conta corrente. Simples, transparente e eficaz.

É importante destacar que, ao optar pelo empréstimo com garantia de imóvel, o proprietário do imóvel continua morando na casa, mesmo que a propriedade seja vinculada ao contrato de empréstimo. Essa flexibilidade é um dos grandes atrativos desse tipo de transação.

Por fim, em comparação com outras modalidades como crédito pessoal, cheque especial e cartão de crédito, o home equity oferece atualmente as taxas de juros mais baixas, torna-se uma escolha mais vantajosa para o tomador. Essa preferência se justifica pela menor incidência de juros, aliada à flexibilidade de até 20 anos para quitar o empréstimo, entregando condições financeiras mais favoráveis e maior tempo para quitação do empréstimo.

Se interessou e quer simular o empréstimo com garantia de imóvel? Acesse nossa página exclusiva clicando no botão abaixo:

| CLIQUE AQUI |

Mais lidas

Leia Mais

Mais vistos

Mais lidas