Veja como transformar um quarto de menino com R$ 500 em 4 horas. Assista ao vídeo

O garoto Lucas, de seis anos, apaixonado por futebol e torcedor do Palmeiras, tinha um sonho: deixar o seu quarto com a cara do seu esporte favorito.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Quarto antes da transformação tinha cômoda com muitos adesivos e muitos objetos pendurados pela parede (Fotos: Rafael Munhoz/ ZAP Imóveis)

Com a ajuda da arquiteta Laurimar Coelho, que também teve a colaboração das arquitetas Adriana Bragotto e Mariana Noguera, o ZAP Imóveis comprou com R$ 500* duas pranchas de MDF brancas – de 1,50 m x 0,30 m e 1,50 m x 0,40 m, três réguas metálicas para mão francesa e seis mãos francesas, buchas e parafusos, duas latinhas de tinta esmalte, sendo uma branca e outra tinta lousa verde, dois rolinhos de espuma, trincha ou pincel, um pufe, bola, um banquinho de metal, além de um adesivo de goleiro.

Antes da transformação, o armário tinha puxadores de quarto de bebê, o que não fazia mais sentido com a decoração para a idade do Lucas

Foi então que começou a transformação. Segundo Laurimar, os móveis não estavam posicionados da melhor forma no ambiente, prejudicando a circulação. Além disso, a cômoda estava repleta de adesivos e com puxadores inadequados para o tema proposto no projeto, o que dava um visual poluído.

 

ASSISTA O VÍDEO:

Além disso, havia muitos brinquedos típicos de um quarto de bebê e não de um menino de 6 anos. “A atmosfera ainda era de um quarto de bebê”, comenta Laurimar.

As primeiras coisas a serem feitas foram a reorganização dos móveis e a montagem da estante/escrivaninha com placas de MDF apoiadas em mãos francesas. Entre as pranchas, foi dada uma demão de tinta lousa verde na parede para manter – agora de uma forma mais organizada – o hábito do Lucas de interagir com o ambiente. “A ideia foi ampliar as oportunidades de atividades lúdicas dentro do próprio quarto, permitindo que o menino desenhe na parede e focando essa interatividade naquele espaço”, explica Laurimar.

Com a possibilidade de regular a altura das pranchas, a nova prateleira surgiu no espaço também como uma escrivaninha alternativa – permitindo que o menino estude no quarto.

A tarefa de remover os adesivos dos móveis não foi fácil. “Exigiu a maior parte do tempo das quase quatro horas que levamos para compor o novo ambiente e o uso de produto removedor especial”, conta a arquiteta.

Na sequência, o objetivo foi dar aos móveis existentes uma nova aparência, mais moderna. “Para isso, optamos por pintar a parte frontal das portas do armário e das gavetas da cômoda com a tinta esmalte branca”, detalha Laurimar.

Os puxadores originais foram retirados e, no lugar, foram feitos furos com serra-copo, o que possibilitou uma boa economia, já que não foi necessário comprar outros puxadores.

Duas folhas laterais da cama eram na cor azul e esse foi outro desafio, porque o tema da decoração – futebol/ Palmeiras – exigia o uso predominante da cor verde. “Então, em vez de pintá-las, optamos por invertê-las sem prejudicar a estrutura do móvel. Com a mudança, o fundo branco das peças veio a calhar, deixando a cama inteiramente nessa cor.”

Além de reforçar o tema futebol, o adesivo de goleiro colado junto à cama é uma das boas opções baratas para decorar e fácil de instalar.

Vários brinquedos do Lucas – de uma fase anterior aos seus seis anos de vida – foram guardados para doação e os brinquedos atuais foram expostos e organizados por temas nas novas prateleiras e nos nichos do armário, como jogos, carrinhos e motocicletas.

Equipe de arquitetas da empresa Virado do Avesso transformam o quarto em quatro horas, com R$ 500

A pequena prateleira que havia ao lado da janela foi reaproveitada e instalada numa posição invertida. Junto à cômoda, ela ganhou nova função como expositora de parte dos novos brinquedos do menino. E sobre este móvel, o computador ganhou seu espaço merecido.

Parede que antes era ocupada por um armário, ganhou espaço para brincadeiras com a tinta lousa

A capa da cama, na cor verde, também foi reaproveitada, e ajudou a reforçar a predominância da cor no quarto do menino – cor do Palmeiras, seu time preferido.

O quarto ganhou objetos temáticos e alguns foram reaproveitados, como o tabuleiro de futebol de botão

O tabuleiro do jogo de botão ganhou um espaço reservado ao lado da cama, assim como o novo pufe bola, que agora se tornou um dos brinquedos preferidos do menino.

*A verba estipulada pelo portal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais vistos

Mais lidas