Siga o passo a passo para a limpeza correta do guarda-roupa

Guarda-roupa sujo é sinônimo de cheiro ruim, mofo e até insetos, como traças. Imagina você sair por aí com aquele odor desagradável nas roupas, que nem as máscaras que usamos atualmente conseguem amenizar. Mas calma, com um pouco de paciência o guarda-roupa fica limpinho e os problemas acabam. Leia também + Dedetização: saiba como preparar […]

Guarda-roupa

Guarda-roupa sujo é sinônimo de cheiro ruim, mofo e até insetos, como traças. Imagina você sair por aí com aquele odor desagradável nas roupas, que nem as máscaras que usamos atualmente conseguem amenizar. Mas calma, com um pouco de paciência o guarda-roupa fica limpinho e os problemas acabam.

Leia também

+ Dedetização: saiba como preparar a casa para fazer o serviço

+ Aprenda como fazer a limpeza de chuveiros e duchas manuais

+ Como fazer a limpeza correta dos móveis e quais produtos usar

Segundo a personal organizer Aline Cunha, a dica para uma limpeza correta do guarda-roupa é usar vinagre branco de álcool. Isso mesmo, ele acaba com a sujeira, os fungos e nenhum bichinho resiste. E se você não suporta cheiro de vinagre, não se preocupe: em cerca de 10 minutos o odor vai embora.

Dicas da personal organizer Aline cunha mostram como deixar o guarda-roupas limpinho
Dicas da personal organizer Aline cunha mostram como deixar o guarda-roupas limpinho

Veja o passo a passo que Aline Cunha ensinou:

1 – Misture 250 ml de vinagre branco de álcool com 250 ml de água. Retire toda a roupa e passe a solução com um pano limpo no local. Aguarde pelo menos 10 minutos e coloque as roupas novamente. A acidez do vinagre ajudará a afastar os insetos. Mas atenção: se as roupas estiverem mofadas, lave-as antes de guardar. 

2 – Para manter as traças e insetos longe do seu guarda-roupa, coloque em um saquinho pequeno de organza ou tule um punhado de cravos da Índia, três folhas de louro e uma canela em pau. Depois, é só colocar no saquinho de organza ou tule no seu guarda roupa. Adeus insetos.

3 – Para evitar o mofo, use um saquinho de organza com giz de lousa, que tem a capacidade de absorver a umidade como uma esponja, fazendo com que ela se concentre nele e não fique exposta no ar. Coloque em alguns pontos. Não precisa comprar aqueles produtos em supermercados.

4 – Não misture roupas usadas no guarda-roupa. Aquela roupa que você usou, como casacos, e ainda não quer lavar, deve ficar arejando em ambientes ventilados ou varal por um dia antes de voltarem ao armário. Mas isso deve ser exceção. O ideal é não misturar roupa limpa com usada.

Separe as roupas usadas das que estão limpas ao arrumar o guarda-roupas
Separe as roupas usadas das que estão limpas ao arrumar o guarda-roupas

5 – Não acumule muita coisa. Tem gente que coloca três roupas em um único cabide ou em casos plásticos. Isso é péssimo. A roupa precisa “respirar”. Desobstruir as bancadas do guarda-roupa também é fundamental para a limpeza, não junte roupas e objetos ali. 

Leia mais

+ Plantas no inverno: quais cuidados devemos ter com elas no frio

+ Conheça a diferença entre móveis planejados, sob medida, modulados e seriados

+ Crianças e plantas: quais os cuidados dentro de casa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais vistos

Mais lidas