Anunciar
foto do bairro

Localizado na região leste da cidade, São Mateus (SP) é um bairro com diversas opções de compra e aluguel de imóveis, tanto residenciais como comerciais. Os arredores oferecem diversas atividades como shoppings, parques, centros esportivos, serviços privados de lazer, além de uma grande estrutura de transportes.

Morar em São Mateus

Em torno do bairro São Mateus em SP, há bairros como Sapopemba, Itaquera, Parque do Carmo e Guaianazes. A população por lá chega a 220 mil habitantes, estando entre os bairros mais populosos da cidade. Os moradores contam com uma ampla infraestrutura de serviços e estabelecimentos, internamente no bairro e nos vizinhos.

O IDH é considerado elevado, sendo o 64º melhor bairro do município de São Paulo para morar. Quem busca imóveis na Zona Leste para alugar ou comprar considera São Mateus (SP) por conta dos preços mais em conta e da variedade de imóveis, incluindo casas e condomínios residenciais.

Polo econômico

As atividades em São Mateus (SP) costumam vir do comércio e dos serviços. No início da década passada, a Prefeitura de São Paulo elaborou um projeto que visava ao desenvolvimento do Polo Industrial Itaquera. O projeto avançou em alguns aspectos, como a construção da Arena Corinthians, além de unidades da Fatec e da Etec no prédio do Governo do Estado.

Aluguel a partir de
R$ 640,00/mês
Venda a partir deR$ 50.000,00

Imóveis para alugar - São Mateus (SP)

Imóveis para comprar - São Mateus (SP)

Mais informações sobre São Mateus (SP)

O que fazer em São Mateus?

Quem busca o que fazer em São Mateus encontra diversas atividades culturais e estabelecimentos comerciais. A região de Itaquera é composta por vários equipamentos culturais, praças, parques, centros comerciais e empresas. Além disso, o bairro oferece várias vias de acesso às demais áreas da cidade.

Lazer

São Mateus (SP) está ao lado do Parque do Carmo, um dos maiores em São Paulo. O acesso é gratuito e oferece uma imersão na fauna e na flora da Mata Atlântica, dentro da área de preservação ambiental. Dentro do parque, há um planetário, o palco da Orquestra Mágica e a unidade do SESC Itaquera.

O interior do bairro também oferece um bom número de praças públicas, com equipamentos de ginástica, playground e pistas para exercícios. A Fábrica de Cultura Sapopemba é fácil de acessar e abriga cursos e atividades culturais para diversas idades.

Vida noturna

A programação noturna em São Mateus (SP) é agitada, com diversas opções para quem não quer sair do bairro para curtir com amigos e família. A Praça do Vinho reúne jovens em eventos como Reggae na Praça. Os arredores da praça abrigam diversos bares abertos até tarde, com música ao vivo, bebidas e lanches variados.

Nos bairros vizinhos, a cultura local acontece nos bailes funks, bares e casas noturnas. Para quem opta por curtir a noite em outros bairros de São Paulo, existem opções de linhas noturnas de ônibus saindo do Terminal Pq. Dom Pedro II e do Terminal Penha, em direção ao Terminal São Mateus (SP).

Infraestrutura

O bairro São Mateus (SP) teve um desenvolvimento acelerado na década de 1950, influenciado pela indústria no ABC Paulista e pela vinda de imigrantes para a região. Hoje, a Avenida Mateo Bei é uma das que concentra grande parte do comércio local, e o bairro conta com diversas escolas, unidades de saúde, hospitais, bancos, lojas e sistema de transporte.

Metro quadrado em São Mateus

Em média, uma pessoa paga entre R$500 a R$4000 em um imóvel alugado na região de Itaquera. Para a compra, a média do metro quadrado em São Mateus (SP) fica em torno de R$ 3.723. Com o desenvolvimento da região nos últimos anos, um imóvel no bairro é um ótimo investimento.

Custo de vida

O custo de vida no bairro varia conforme a renda e a rotina de gastos com as atividades essenciais de cada pessoa. Algumas escolas particulares em São Mateus (SP) podem ocupar boa parte do orçamento familiar, aumentando o custo de vida no bairro. Um imóvel na região pode ser adquirido a partir de R$ 170 mil.

A oferta de serviços públicos e privados permite uma boa distribuição da renda. O comércio também atende diversos perfis de consumidor, com mercados locais e redes atacadistas espalhadas pelo bairro. Além disso, é possível economizar circulando pela região apenas de transporte público, que oferece opções variadas.

Serviços e mobilidade

O bairro São Mateus (SP) é bem completo em relação a serviços municipais e mobilidade. Hoje, não é necessário sair dele para encontrar os principais serviços e estabelecimentos comerciais também ofertados em regiões mais centrais.

A Avenida Mateo Bei concentra as principais agências bancárias, correios e grandes redes de lojas varejistas. Na Avenida Ragueb Chohfi, ficam o Cartório Civil São Mateus e a Subprefeitura de São Mateus.

Saúde

São Mateus (SP) conta com o Pronto Socorro São Mateus, a UBS Jardim IV Centenário, a Maternidade Hospital Geral São Mateus e o Hospital Dia da Rede Hora Certa. Além disso, os arredores de Sapopemba, Itaquera e Vila Bela oferecem unidades de hospitais e saúde.

No bairro, também existem diversas redes de drogarias e perfumarias, além de academias e estabelecimentos para prática de esportes. Na área de saúde mental, os moradores são atendidos pelo CAPS Adulto I São Mateus e pelo CAPS AD III São Mateus.

Segurança

Quanto à segurança, São Mateus (SP) mantém a 2.ª Cia 38.º BPM/M e o 49º Distrito Policial. Com o auxílio de câmeras distribuídas pelo bairro, os moradores participam do programa Vigilância Solidária, promovido pela Polícia Militar. Os condomínios e comércios da região são resguardados por empresas de segurança privada.

Educação

A rede de escolas municipais em São Mateus (SP) atende todas as idades. Há creches públicas, escolas de educação infantil, escolas estaduais de ensino médio e a ETEC São Mateus (SP). Ao redor, os moradores contam com escolas técnicas e universidades, localizadas nos bairros de Sapopemba, Itaquera, Tatuapé e Mooca.

Transporte

O Terminal São Mateus (SP) é um dos principais pontos de entrada e saída dos moradores do bairro. Ao lado, encontra-se a estação São Mateus da linha 15-Prata do metrô, e a estação Jardim Colonial, também da linha 15, na Avenida Ragueb Chohfi. A Avenida Aricanduva circunda o bairro pelas imediações do Parque do Carmo, sendo uma via de acesso para carros.

A região conta com linhas municipais e intermunicipais, em horários que atendem a maioria da população. A Avenida Sapopemba que faz ligação com a Avenida Mateo Bei é um dos principais caminhos para veículos privados que entram e saem da região. As avenidas do Estado e Jacu Pêssego também estão nas proximidades de São Mateus e permitem acessar a região do ABC e a zona central de São Paulo.

A história do bairro São Mateus

O bairro São Mateus (SP) foi fundado oficialmente em 1985. Ele possui uma área total de 13 km² e passou por um processo de pedido de emancipação para se tornar município em 1990. O pedido foi negado, e o bairro integra a lista de distritos oficiais do município de São Paulo desde então.

Bairros mais populares do Brasil