28/07/2021

Deixe sua casa mais bonita escolhendo a cerâmica ideal para cada ambiente

A escolha da cerâmica desperta muitas dúvidas na hora da reforma ou da construção de um imóvel. Além da beleza, com diferentes possibilidades de estampas e formatos, a definição do revestimento deve acontecer a partir da avaliação da durabilidade e resistência, seja para piso ou parede. 

O nível de resistência da cerâmica é classificado com a sigla PEI, que vai da graduação de 0 a 5. PEI0 é mais fraco, para paredes. Já PEI5 é a mais resistente, para uso em locais de trânsito intenso, como áreas externas. 

Leia também

+ Tudo que um banheiro acessível precisa

+ Veja o que é necessário para criar um lar acessível para idosos

+ Entenda os cuidados para derrubar paredes durante reformas

“A cerâmica pode ser usada em paredes e pisos. Além da estética, a cerâmica propicia relevantes benefícios, como a baixa absorção de água, além da facilidade de limpeza e manutenção”, diz a arquiteta Cristiane Schiavoni. 

 Para quem busca um revestimento fácil de limpar, a cerâmica é uma boa escolha de revestimento para paredes e pisos - Divulgação: Atlas - Foto: Luis Gomes

 Rodrigo Camarotti, analista de marketing da Cerâmica Atlas, afirma que, para a segurança e a estética do projeto, é preciso definir o quanto antes o revestimento para os ambientes da casa. 

“É possível escolher um modelo padrão, para dar unidade ao espaço, como é caso de um piso único para espaços integrados, ou variar os revestimentos em cada cômodo, mas de forma que tenham harmonia entre eles. A escolha deve se basear no estilo dos moradores, nas necessidades e segurança do ambiente (indicação de uso), além da composição com os demais elementos da decoração”, diz ele. 

Camarotti explica que a decoração da casa é pensada em cima da atmosfera gerada pelos revestimentos. “Para quem busca um visual mais moderno, é bem-vinda a escolha de cores mais fortes e marcantes, além da combinação e paginação entre diferentes modelos. Já para quem tem um estilo mais clássico, vale escolher os revestimentos de cores neutras ou claras. Porém, tudo depende do tipo de projeto e do espaço a ser decorado”, pontua.

O estilo da cerâmica vai depender do gosto dos moradores da casa e que tipo de visual buscam para os ambientes - Projeto: Beatriz Quinelato - Foto: Luis Gomes
O estilo da cerâmica vai depender do gosto dos moradores da casa e que tipo de visual buscam para os ambientes – Projeto: Beatriz Quinelato – Foto: Luis Gomes

Cristiane Schiavoni ressalta que existem diversas tendências, como cores em alta, desenhos e texturas, revestimentos em formatos de cerâmicas quadradas, redondas, retangulares, tridimensionais ou lisas.

“Se tratando de um projeto residencial, as escolhas devem ser pautadas a partir da personalidade e gosto dos moradores e do briefing desenhado para o ambiente. Outro formato de cerâmica que está em alta é o hexagonal, que caiu na graça dos brasileiros”.

Modelo de cerâmica hexagonal se tornou popular entre os brasileiros - Projeto: Marcos Santiago - Foto: André Monteiro
Modelo de cerâmica hexagonal se tornou popular entre os brasileiros – Projeto: Marcos Santiago – Foto: André Monteiro

Leia mais

+ Roupas de cama: como fazer a lavagem certa de lençóis, cobertores e edredons

+ Cães e gatos no inverno: como proteger os bichinhos do frio em casa

+ Está com frio? Então aprenda a deixar a casa aconchegante durante o inverno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.