Conheça os 9 prédios mais famosos de São Paulo

Os edifícios se destacam pela altura, projeto, história e vista da cidade de São Paulo e estão localizados em diferentes bairros da capital

São Paulo

São Paulo coleciona prédios imponentes e cheios de histórias. Listamos nove desses famosos edifícios, que estão entre os mais importantes e visitados da capital paulista. O que eles têm em comum? De acordo com a arquiteta Marcela Zi, “são prédios muito altos, com muitas janelas e, para a época em que foram projetados, sem tanta tecnologia. Isso os torna admiráveis”, diz ela. 

A profissional explica que, diferente do que é visto nos prédios de hoje, que são construídos em “linha de produção (de forma rápida para a venda)”, os prédios históricos de São Paulo não foram feitos pensando em terminar rápido. “São diferentes. Foram trabalhados e têm características singulares”. 

Sobre esse cuidado – desde a idealização do conceito até a execução da obra – a arquiteta Fernanda Barreto cita o exemplo do Edifício Copan, um dos mais famosos de São Paulo. “Esse projeto foi muito arrojado para sua época e um marco na arquitetura brasileira. Acredito que sempre será importante, por ser a história viva ao alcance das pessoas”.

1 – Edifício Martinelli (1929)

Rua São Bento, 405, Centro Histórico. Projeto do arquiteto húngaro Vilmos Fillinger.

Hoje escondido em meio a outros prédios altos, o Edifício Martinelli foi o primeiro de grande porte em São Paulo. Na época, as construções só chegavam a cinco metros. Com 30 andares e 105 metros, ele marcou a transição para o tempo dos arranha-céus. 

2 – Edifício Germaine Burchard (1930)

Avenida Cásper Líbero, 39, Centro Histórico. Projeto de Enrico Brand.

A construção, um símbolo da art déco, foi um pedido da condessa Germaine Burchard. Após 20 anos da inauguração, o edifício residencial deu espaço ao Hotel Alvear – considerado um dos melhores de São Paulo. Atualmente, o hotel se chama Marian Palace.

3 – Edifício Altino Arantes (1947) – conhecido por Banespão ou Farol Santander

Rua João Bricola, 24, Centro. Projetado por Plínio Botelho do Amaral.

Outro que está entre os mais altos prédios de São Paulo, com 161,22 metros. O Banespão ou Farol Santander, como é conhecido, atrai os turistas pela vista que oferece. É curioso, também, o fato de a construção ter sido inspirada no Empire State Building (de 102 andares, em Manhattan, nos Estados Unidos).  

4 – Edifício Cícero Prado (1954)

Avenida Rio Branco, 1661, Campos Elíseos. Projeto de Gregori Warchavchik. Imagem: Google Maps

O prédio é considerado um ícone da arquitetura modernista. Inaugurado em 1954 é formado por três torres, o edifício Albertina, Cícero Prado e Cecília, mais conhecido como Cícero Prado, ainda conta com os 10 elevadores originais em funcionamento.

5 – Edifício Copan (1956)

Avenida Ipiranga, 200, Centro Histórico. Projeto de Oscar Niemeyer.

Talvez seja o edifício mais lembrado de São Paulo. Por trás de sua arquitetura sinuosa, desenhada por Oscar Niemeyer, há um complexo urbanístico com apartamentos, comércios, restaurantes, um tradicional café e livrarias. 

6 – Edifício Itália (1965)

Avenida Ipiranga, 344, República. Projeto do alemão Adolf Franz Heep.

O Edifício Itália é um dos símbolos de São Paulo. Seus 165 metros de altura garantem o segundo lugar na lista de maiores prédios de São Paulo – é considerado um patrimônio histórico. Nele, o visitante descobrirá como a obra uniu os imigrantes italianos, além de desfrutar de uma vista única da Capital.

7 – Mirante do Vale (1966)

Avenida Prestes Maia, 241, Centro. Projetado pelo engenheiro Waldomiro Zarzur.

O prédio mais alto de São Paulo, com 170 metros, tem atraído cada vez mais visitantes, principalmente após a inauguração do Sampa Sky espaço – espaço no 42º andar todo em vidro, de onde o visitante tem a experiência de ver a cidade sob seus pés.  

8 – Plaza Centenário (1995)

Avenida das Nações Unidas, 12995, Brooklin. Projeto de Carlos Bratke. Imagem: Google Maps

O edifício é conhecido pelos paulistanos como Robocop, por sua fachada de metal e vidro. É considerado um monumento moderno e futurístico. O prédio também é considerado um dos mais ‘inteligentes’, por ter sido projetado para o reaproveitamento da água e economia energética. 

9 – Edifício 360° (2013)

Rua Camburiú, 651, Lapa. Projeto de Isay Weinfeld. Imagem: Google Maps

O nome faz referência à visão em 360 graus que os visitantes têm ao entrar no prédio. O edifício é um colecionador de prêmios de arquitetura pelo projeto, que tem o conceito de ‘casas suspensas com quintais’.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais vistos

Mais lidas