Como escolher modelos de cortinas para casa

São muitas opções de modelos, tecidos, cores e tamanhos. Saiba como acertar nos modelos de cortinas para sua casa

Como escolher cortinas - Na imagem Projeto da Korman Arquitetos e foto de Gui Morrelli

Além de beleza, a cortina é sinônimo de funcionalidade no projeto de decoração. Mas, com tantas possibilidades de modelos, tecidos e cores, a escolha não é fácil. Elas cabem em qualquer ambiente e vale ainda o gosto dos moradores. Porém, algumas características são essenciais para um bom resultado. Saiba como escolher modelos de cortinas para casa.

Leia também

+ Cuide da sua saúde mental harmonizando os ambientes da casa

+ Vidro inteligente: entenda como funciona

A variedade de modelos de cortinas é enorme e o cortineiro, recurso da decoração para esconder a instalação, é determinante para escolha de cortinas com trilho ou varão. “Executado em gesso ou madeira e nas versões sobreposto ou embutido, o cortineiro é perfeito para receber cortinas com trilhos, que permanecerão ocultos e não trarão interferências no décor”, detalha a arquiteta Ieda Korman, do escritório Korman Arquitetos. “Já o varão, além da facilidade de colocar ou retirar a cortina, é mais eficaz em ambientes com forro inclinado, que impedem a fixação do trilho no teto”. 

Cortinas devem ter altura até o chão – Foto: JP Image

Modelos de cortinas para quarto

Em relação à persiana, a mais comum é a rolô, pelo custo-benefício. “Seu diferencial é ter preço acessível e, apesar de ser mais simples, é bem aceito em todos os ambientes”. A versão blackout é adequada para salas de TV e quartos ou qualquer ambiente que se deseje vedação potente. “A sugestão é combiná-la com cortina de tecido ou xale, para trazer sensação aconchegante”. Já as persianas romanas trazem efeito estético mais sofisticado. “São utilizadas em quartos e têm vantagem de poder ser criada com tecidos personalizados”.

Apesar de não existirem regras para escolher entre cortinas e persianas, alguns fatores podem influenciar. “Pessoas alérgicas devem preferir persianas porque são mais fáceis de limpar. Quando há móvel sob a janela, também é bem-vinda porque cortinas devem ter altura até o chão”. 

Entre os materiais mais usados, Ieda ressalta que linho ou gaze de linho com poliéster são os queridinhos do momento. “Eles têm a mesma aparência de fibras 100% naturais, mas não amassam nem encolhem. Forros com tergal verão e gabardine são indicados quando têm entrada de sol. Para escurecer completamente, pode ter blecaute atrás do tecido. Para fugir do visual plastificado, o blecaute 70% tem aparência mais natural”.

Como escolher a cor da cortina

Em um projeto mais clean, é ideal que a cortina seja continuação das paredes, com tons neutros – Foto: JP Image

A cor da persiana varia com o projeto. “Em um mais clean, é ideal que seja continuação das paredes, com tons neutros. Quando é elemento de destaque, podemos brincar com cores e materiais diferenciados, como madeira, ou apostar em modelos volumosos”.  

Leia mais

+ Colchão ideal: como fazer a escolha certa para uma boa noite de sono

+ 5 dicas para usar o vinagre na limpeza da casa e economizar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais vistos

Mais lidas