Zap Móveis

Desvendando a Tabela Price: como funciona e quais cuidados ter

tabela price
Spread the love

A Tabela Price é um método muito usado em financiamentos de longo prazo, como empréstimos e financiamentos imobiliários. 

Trata-se de um método de amortização que se destaca por oferecer prestações fixas ao longo do tempo, proporcionando uma visão clara e estável das parcelas a serem pagas. 

No entanto, o seu funcionamento e impactos podem variar conforme as necessidades individuais de quem contrata o financiamento. 

Neste contexto, é essencial compreender os fundamentos e as nuances desta tabela para tomar decisões financeiras informadas e alinhadas aos objetivos pessoais.

E é com isso que ajudamos você ao longo deste texto! Acompanhe.

O que é tabela price?

A Tabela Price é um método de amortização utilizado em financiamentos de longo prazo, como empréstimos, financiamentos imobiliários e outros tipos de crédito.

Neste sistema, as prestações são fixas ao longo do tempo, sendo compostas por uma parcela de juros e outra de amortização do capital. 

Desta forma, no início do empréstimo, a maior parte da prestação é destinada ao pagamento dos juros, e uma parte menor é utilizada para amortizar o valor do empréstimo.

E conforme as prestações são pagas mensalmente, a proporção entre juros e amortização se inverte: a parte destinada aos juros diminui e a parte destinada à amortização aumenta. 

No final do período contratado, todas as prestações terão sido pagas e o saldo devedor do empréstimo será zerado.

Leia também: FipeZAP, SAC e Price: conheça as tabelas que podem te ajudar na compra de um imóvel

Para que serve a tabela price?

Ela serve para amortizar dívidas em parcelas fixas, justamente por isso é comum em compras parceladas em que o valor à vista difere do montante parcelado devido aos juros compostos embutidos.

Também é por isso que este método é recomendado para aqueles com perspectiva de aumento de renda a curto prazo, pois facilita o planejamento do orçamento mensal e simplifica os pagamentos.

Como funciona a tabela price?

Ela funciona com parcelas fixas, estabelecidas desde o início do acordo da dívida. 

Assim, essas parcelas mantêm-se constantes, porém, o cálculo dos juros é recalculado a cada pagamento, já que cada parcela quitada reduz o saldo devedor. 

Portanto, no início, as primeiras prestações são majoritariamente compostas por juros.

E à medida que o pagamento das parcelas avança, a parte destinada à amortização cresce gradualmente, o que resulta em uma redução dos juros dentro de cada prestação. 

Então, apesar dessas mudanças na composição das parcelas, o valor mensal permanece inalterado ao longo do tempo e mantém constante somente sua estrutura interna.

Qual é a diferença entre tabela price e amortização constante?

A diferença entre a Tabela Price e a Amortização Constante está na forma como as prestações são estruturadas ao longo do tempo.

Na Tabela, as parcelas são fixas do início ao fim do empréstimo e são  compostas por uma porção de juros e outra de amortização do principal. 

Assim, apesar da composição interna da prestação mudar com o tempo (mais juros no início e mais amortização depois), o valor total da parcela permanece inalterado.

Já na Amortização Constante, a parcela destinada à amortização do principal é fixa, o que resulta em prestações decrescentes ao longo do tempo. 

Isso implica que, à medida que as parcelas são pagas, os juros incidem sobre um saldo devedor em constante diminuição, o que reduz o valor total dos juros pagos e, consequentemente, resulta em prestações cada vez menores.

Leia também: Especialista aponta as diferenças entre o sistema de financiamento pelo SAC e pela Tabela Price

Como a tabela price influencia no mercado imobiliário?

Este método influencia o mercado imobiliário ao tornar os financiamentos mais atrativos, estimular a demanda, aumentar a oferta de crédito e impactar nos preços.

Por exemplo, ela torna os financiamentos imobiliários mais atraentes para os compradores ao oferecer prestações fixas e mais acessíveis, algo que amplia o acesso à compra de imóveis.

Já o estímulo à demanda fica por conta de suas prestações mais estáveis e previsíveis, algo que estimula a demanda por imóveis, especialmente entre aqueles que buscam uma opção de financiamento com parcelas mensais mais controladas.

Em relação ao aumento da oferta de crédito, esta abordagem costuma levar instituições financeiras a oferecerem mais empréstimos e financiamentos imobiliários com base nesse sistema de amortização.

O resultado é o aumento da disponibilidade de crédito para aquisição de imóveis.

Por fim, o impacto nos preços fica por conta do acesso facilitado ao crédito que ela proporciona, algo que tem um efeito positivo nos preços dos imóveis.

Afinal, mais pessoas podem adquirir uma propriedade, o que contribui para um aumento da demanda e, por conseguinte, dos preços.

Vantagens da tabela price

Abaixo, conheça algumas vantagens deste sistema.

simulacao da tabela price

Prestações fixas

As prestações mensais fixas ao longo do período do financiamento são uma das principais vantagens deste método.

Essa estabilidade nas parcelas facilita o planejamento financeiro do devedor, pois permite previsibilidade e controle sobre os gastos, o que ajuda na organização do orçamento familiar ou empresarial.

Acesso facilitado ao crédito

A tabela geralmente é empregada em financiamentos, especialmente em empréstimos habitacionais. 

Justamente por isso esse método torna-se uma opção acessível para aqueles que buscam crédito com prestações mensais estáveis.

Afinal, a previsibilidade nas parcelas pode atrair indivíduos e empresas que necessitam de empréstimos mais previsíveis e controlados.

Parcelas iniciais mais leves

Nas fases iniciais do financiamento que usa esse sistema, as prestações tendem a ser mais leves. 

Isso pode ser vantajoso para quem está se adaptando a novas despesas, como no caso de aquisição de um imóvel, pois permite uma transição mais suave para o compromisso financeiro de longo prazo.

Ampla utilização em financiamentos de longo prazo

Esse método é muito adotado em financiamentos de longo prazo, especialmente em empréstimos imobiliários. 

A sua popularidade faz com que seja uma opção padrão em diversos contextos, algo que proporciona aos tomadores de empréstimos uma forma comum e conveniente de gerenciar suas obrigações financeiras ao longo do tempo.

Alugue seu imóvel com o ZAP Imóveis

Para aqueles que optam pela aquisição de um imóvel com a Tabela Price como método de financiamento, o ZAP Imóveis oferece um amplo catálogo de opções que se adequam a diferentes faixas de valores de prestação. 

Afinal, conosco é possível filtrar as buscas de acordo com o valor mensal desejado, um ponto que facilita a procura por imóveis que se encaixem em seu orçamento predefinido.

E o ZAP Imóveis também é vantajoso para proprietários que consideram alugar suas propriedades. 

Isso porque, ao fornecer informações sobre valores praticados por imóveis similares na mesma região, nós ajudamos os proprietários a definir um preço justo para o aluguel. 

Essa compreensão do mercado imobiliário oferece uma visão abrangente do mercado, dando uma mão aos usuários na tomada de decisões informadas e alinhadas com suas necessidades financeiras e objetivos imobiliários.

tabela price e sac

Perguntas frequentes sobre tabela price

Na sequência, respondemos as principais perguntas sobre esse sistema.

A Tabela Price é a melhor opção para todos os tipos de financiamento?

Ela pode ser mais adequada para quem busca previsibilidade nas parcelas, mas o Sistema de Amortização Constante (SAC) pode ser uma escolha econômica para quem deseja pagar menos juros ao longo do tempo. 

A escolha depende das preferências individuais em relação à estabilidade das parcelas e à minimização dos juros pagos.

Quais os riscos da Tabela Price?

Um dos principais riscos é a possibilidade de pagamento de juros mais elevados ao longo do tempo. 

Isso ocorre devido à cobrança de taxas aplicadas ao montante inicial do empréstimo, o que resulta em um valor total quitado significativamente maior do que o crédito obtido inicialmente.

Como é o reajuste da Tabela Price?

O reajuste das parcelas é baseado em um valor fixo estabelecido no início da negociação da dívida. 

Conforme as parcelas são quitadas, um saldo devedor remanescente é recalculado, e os juros incidem sobre esse saldo restante, algo que resulta em uma diminuição gradual dos juros à medida que o saldo devedor é amortizado.

Mais lidas

Leia Mais

Mais vistos

Mais lidas